NOAM Brasil

Noam (agradável) é também uma sigla da junção de duas palavras, Noar (juventude) e Massorti (conservativa), nome dado à juventude filiada à um dos maiores movimentos de judaísmo liberal pelo mundo. Desde a década de 70, a tnuá existe como força jovem para as pautas e valores Massortim.

82428892_1545776588910018_85066696931200

História da fundação da tnuá e contexto da fundação

Noam (agradável) é também uma sigla da junção de duas palavras, Noar (juventude) e Massorti (conservativa), nome dado à juventude filiada à um dos maiores movimentos de judaísmo liberal pelo mundo. Desde a década de 70, a tnuá existe como força jovem para as pautas e valores Massortim. Em São Paulo, a história é mais recente. A comunidade Shalom tinha sua juventude que, até o ano de 2007, fazia machanot independentes sem uma deologia clara e sem um nome fixo (neshimá, coach, entre outros). Tinham laços firmes com a Kehilá e seus valores

mas não com outras tnuot nem com o Conselho Juvenil. Apenas quando alguns dos madrichim foram visitar uma machané do Noam na Argentina é que a juventude se filiou ao Noam Olami (mundial) e AmLat (Latinoamericano), com a ajuda da shlichá que na época trabalhava na Shalom. Assim, há 14 anos, o Noam São Paulo surgiu.

Momentos-chave na linha do tempo até chegar hoje em dia

(Houve junção de tnuot antigas? Se sim, falar sobre e mandar fotos.)

Crecimiento

O Noam é uma tnuá recente que cresceu muito nas últimas duas décadas. Os 5 anos do Noam, comemorados em 2012, foi um marco de celebração muito grande com a comunidade. A Messibá envolveu diferentes partes da tnuá para mostrar para São Paulo o que estavamos construindo. Em 2015, os 8 anos do Noam foram acompanhados de uma mudança na estrutura com o projeto ShmiNoam, um trocadilho entre as palavras “shmone” (oito) e “shmi” (o meu nome). A tnuá se tornou então um coletivo de ativismo e prática ideológica muito forte. A Messibá de

10 anos, em 2017 foi também uma revolução. Toda a Comunidade Noam (chanichim, pais e mães, avôs e avós, famílias, ex bogrim e a comunidade Shalom) foram convidados a viver um dia de machané: O “NOAM X-PERIENCE” que teve mais de 300 chaverim e deixou uma marca grande em todos os que ali se reuniram.

Propósito da tnuá (ligado à religião judaica, como? Ou a alguma ideologia política?)

O Noam é um movimento juvenil judaico massorti sionista ativista e apartidário. Sem ligações políticas explícitas, é a juventude filiada do movimento massorti e parceiro de todas as kehilot e snifim ao redor do mundo com certas pautas e valores. A nossa tnuá segue as leis judaicas de acordo com o movimento massorti e apoia diferentes causas, em Israel e na diáspora, que suportam discursos de igualdade de gênero, pluralismo e democracia dentro e fora da religião como as Nashot Hakotel e a chapa ‘Israel Plural e Democrática’ nas eleições do 38º Congresso Sionista.

○ Político, mas apartidário

○ Ligado ao movimento Massorti

©2020 by Masorti AmLat. Proudly created with Wix.com